Parusia
O seu amor, o nosso amor me faz pensar, é tão fácil lembrar, tua memória é muito simples. Difícil é esquecer quando se tem amor, e você tornou-se impossível de esquecer..." ♥

1 2 3 4 5 »

1 day ago with 520 notes

—Eu te amo.
—Justifique sua resposta.
Caio Augusto leite.    (via auroriar)

1 day ago with 21348 notes

Feche os olhos por um instante - e nesse instante se atire. Resgate uma memória bonita no fundo dessa fossa, e sorria outra vez por ter sido abençoado com um momento que não irá voltar, porque se valeu a pena viver, também vale a pena lembrar.
Sean Wilhelm.   (via inverbos)

1 day ago with 21162 notes

Já escondi um amor com medo de perdê-lo, já perdi um amor por escondê-lo. Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos. Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso. Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos. Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem. Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram. Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir. Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi. Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto. Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir. Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam. Já tive crises de riso quando não podia. Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva. Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse. Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar. Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros. Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros. Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz. Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava. Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade. Já tive medo do escuro, hoje no escuro “me acho, me agacho, fico ali”. Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais. Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria. Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava. Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda. Já chamei pessoas próximas de “amigo” e descobri que não eram. Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim. Não me deem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre. Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração. Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente. Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão. Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra sempre. Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes. Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos. Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer: - E daí? Eu adoro voar.
Clarice Lispector.   (via inverbos)

1 day ago with 5349 notes

Me deito em teu peito, é onde acaba minha dor
— Rodolfo Abrantes

1 week ago

Se a tempestade não quiser passar dance na chuva.
Anônimo. (via auroriar)

2 weeks ago with 1729 notes

Há muito tempo eu não perdia uma noite por causa de alguém. Talvez tenha sido a pior noite da minha vida depois que te conheci. Engraçado, porque todas às noites eu vou dormir com você na cabeça, mas dessa vez foi diferente. Foi diferente porque ontem eu não senti saudade como o de costume, era só tristeza mesmo. O que eu sentia era uma imensa vontade de por um ponto final nessa nossa história sem começo. Mas, ao mesmo tempo eu queria acreditar que você era diferente, porque eu sempre tive esperança em você, sempre achei que você iria me fazer ver o mundo com outros olhos. Fiquei durante muito tempo pensando numa maneira certa de agir, foi aí que decidi esquecer essa porra de quase-amor que eu sinto por você. E era isso que mais doía, o quase-amor, porque no fundo eu queria que fosse amor. Mesmo assim, insisti em colocar um ponto final. Jurei pra mim mesmo que ontem à noite seria última vez que eu iria olhar suas fotos e ouvir a nossa música, apaguei suas mensagens, exclui suas fotos, joguei fora tudo que me lembrava você. Bateu o desespero e chorei igual uma pré-adolescente quando leva seu primeiro fora. Chorei até dormir e acordei lembrando que havia sonhado com você. Agora nem dormir em paz eu posso mais, ver você se tornou uma questão de fechar os olhos. Não chorei mais, em compensação quebrei meu juramento assim que saí da cama, fui correndo ver suas fotos e jurei de novo que seria a última vez. Fiquei triste o dia inteiro, aí você me procura, inevitável, acabei sorrindo ao ver você falando comigo. Droga, você também não me ajuda. Queria tanto ficar bem sem você, sem falar, sem contato, mas ao mesmo tempo quase morro quando você não me conta como foi seu dia. Já basta essa distância insuportável e ficar um dia sem ter noticias suas acaba comigo. Mas, decidi que preciso te esquecer. Só que eu acabo lembrando, de como você é lindo quando ta comigo, do seu sorriso, dos seus olhos fixados nos meus, das suas mãos nervosas no meu corpo, de como é bom dormir com você e sentir sua boca na minha enquanto a gente “tenta” dormir. Talvez essa é a parte que mais me dói, ter que esquecer tudo isso. Ou talvez, o que mais me dói é ter fantasiado a nossa relação porque você me deu espaço pra isso. Durante muito tempo eu esperei por você, mas infelizmente, eu não moro em um castelo e muito menos sou uma princesa, pra ficar procurando em você um príncipe pro meu conto de fadas. A não ser que você construa um castelo e me peça pra ficar e nunca mais desistir de você.
Tati Bernardi.  (via inverbos)

2 weeks ago with 24462 notes

Eu gosto dela e ela já gostou de mim, a gente só não é bom em gostar ao mesmo tempo. Isso só aconteceu uma vez e foi sem querer.
Soulstripper. (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

3 weeks ago with 13227 notes

Deixa eu te dizer antes que o ônibus parta que você cresceu em mim dum jeito completamente insuspeitado, assim como se você fosse apenas uma semente e eu plantasse você esperando ver nascer uma plantinha qualquer, pequena, rala, uma avenca, talvez samambaia, no máximo uma roseira, é, não estou sendo agressivo não, esperava de você apenas coisas assim, avenca, samambaia, roseira, mas nunca, em nenhum momento essa coisa enorme que me obrigou a abrir todas as janelas, e depois as portas, e pouco a pouco derrubar todas as paredes e arrancar o telhado para que você crescesse livremente.
Caio Fernando Abreu.  (via thiaramacedo)

3 weeks ago with 2368 notes

3 weeks ago with 19653 notes

4 weeks ago with 51307 notes

Eu realmente acho lindo essa coisa de duas pessoas não quererem nada que seja bom no mundo além de uma a outra. E eu queria você, muito. O querer mais bonito que pode existir era seu, só seu.
Caio Fernando de Abreu.    (via inverbos)

4 weeks ago with 24335 notes

Minha esposa ficou doente. Ela estava constantemente nervosa por causa de problemas no trabalho, vida pessoal, suas falhas e seus filhos. Ela perdeu 30 quilos e ponderadas cerca de 90 quilos. Ela ficou muito magra e estava constantemente a chorar. Ela não era uma mulher feliz. Ela sofria de contínuas dores de cabeça, dor no coração e nervos atolados em suas costas e costelas. Ela não dormia bem, cochilava apenas no período da manhã e se cansava muito rapidamente durante o dia. Nosso relacionamento estava à beira de uma ruptura. Sua beleza foi deixada em algum lugar, ela teve as bolsas sob os olhos, ela não estava penteando seu cabelo, e parou de cuidar de si mesma. Ela se recusou a filmar os filmes e rejeitou qualquer papel. Eu perdi a esperança e pensei que nós íamos nos divorciar em breve… Mas então eu decidi agir. Depois de tudo, eu tenho a mulher mais linda do mundo. Ela é o ídolo de mais de metade dos homens e mulheres da terra, e eu era o único autorizado a dormir ao lado dela e abraçá-la. Eu comecei a regá-la com flores, beijos e elogios. Eu fiquei surpreendido e agradado a cada minuto. Eu dei-lhe um monte de presentes e vivia só para ela. Eu falei em público apenas sobre ela. Eu incorporei todos os temas em sua direção. Elogiei-la na frente de si própria e de nossos amigos em comum. Você não vai acreditar, mas ela floresceu. Ela tornou-se melhor. Ela ganhou peso, não estava mais nervosa e me amava mais do que nunca. Eu não tinha ideia de que ela podia amar tanto. E então eu percebi uma coisa: a mulher é o reflexo do seu homem. Se você a ama, a ponto de loucura, ela vai se tornar isso.
Brad Pitt.  (via desembarcou)

4 weeks ago with 30940 notes

Eu encontrei quando não quis mais procurar o meu amor, e quanto levou foi pr’eu merecer, antes um mês e eu já não sei. E até quem me vê lendo o jornal na fila do pão, sabe que eu te encontrei, e ninguém dirá que é tarde demais, que é tão diferente assim, do nosso amor a gente é que sabe, pequena. Ah, vai, me diz o que é o sufoco que eu te mostro alguém a fim de te acompanhar, e se o caso for de ir à praia, eu levo essa casa numa sacola. Eu encontrei e quis duvidar, tanto clichê, deve não ser, você me falou pr’eu não me preocupar, ter fé e ver coragem no amor. E só de te ver, eu penso em trocar a minha TV, num jeito de te levar, a qualquer lugar que você queira e ir aonde o vento for, que pra nós dois sair de casa já é se aventurar. Ah, vai, me diz o que é o sossego que eu te mostro alguém a fim de te acompanhar, e se o tempo for te levar eu sigo essa hora e pego carona pra te acompanhar.
Los Hermanos. (via inverbos)

4 weeks ago with 10016 notes

Te cuida, dissera ele. E eu ouvi como se fosse um te amo.
Martha Medeiros. (via auroriar)

Na real foi um “tchau”, eu acho.

(via docedicotomia)

4 weeks ago with 34965 notes

Home Mensagem Elline, muito prazer Meus Textos/ Especias Submit Arquivo Theme
Layout por:
silenciar